10 sinais de que seu corpo está com deficiência de proteína e o que fazer para resolver o problema


As proteínas ajudam a tratar feridas, controlar níveis de açúcar no sangue e neutralizar as bactérias. Descubra se você está com deficiência de proteína.

Nos últimos tempos você tem se sentido extremamente fadigado, está vendo seu cabelo ficar ralo ou sente dores inexplicáveis nas pernas?

Saiba que esses podem ser sinais de deficiência de proteína no seu organismo, um problema que a longo prazo pode se tornar grave devendo ser remediado.

O corpo humano depende das proteínas para realizar funções básicas assim como para que possa se manter em constante desenvolvimento.

Quando seu organismo não recebe a quantidade ideal de proteínas fica como um automóvel sem combustível, em algum momento começará a dar sinais de que está parando de realizar as suas funções mais básicas.

A seguir você conhecerá os 10 sinais mais comuns da falta de proteínas e como resolver.

Alimente seu corpo com tudo que ele precisa e não se sinta mais cansado e nem envelhecendo mais rápido!

Top 10 sinais de deficiência de proteína

 

1 – Desenvolvimento de doenças cardiovasculares

Um dos problemas mais sérios que podem ser causados pela deficiência de proteína, é o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Sendo assim manter o correto consumo de proteínas (confira abaixo) é uma forma de prevenir esse tipo de doença.

2 – Sensação de formigamento nas mãos e pés

Um dos sinais de falta de proteínas no organismo é a sensação de formigamento nas mãos e nos pés que está ligada aos nervos periféricos.

3 – Dores nas pernas e cólicas

Estar constantemente sentindo dores é um indicativo forte de que algo não vai bem com seu organismo, pode ser tanto um sinal de deficiência de proteína quanto de que você precisa deixar de ser sedentário.

Cuide também do consumo de potássio, magnésio e cálcio para que as dores possam ser reduzidas.

4 – Dificuldades para dormir

Quando uma pessoa não consome a quantidade suficiente de proteínas para o seu organismo, apresenta maior inclinação para o consumo de carboidratos, em especial açúcares, haja vista o desenvolvimento de um quadro de hipoglicemia (redução da quantidade de glicose no sangue).

O açúcar no organismo é convertido em energia que pode atrapalhar o momento do sono acarretando numa insônia prolongada.

5 – Queda de cabelo

Ter queda de cabelo em excesso pode ser um indicativo de que algo não está indo bem com a sua saúde.

A preocupação deve surgir quando você começa a perder chumaços de cabelo e ficar com buracos no couro cabeludo.

A aparência do cabelo também tem muito a nos dizer sobre a saúde, quando ele fica opaco e quebradiço é sinal de que o organismo está com dificuldade de absorver nutrientes.


6 – Sensação de fadiga

Como já foi mencionado, as proteínas funcionam como o combustível do organismo de maneira que se uma pessoa não consome a quantidade ideal, apresenta sensação de fadiga crônica.

Não é normal estar sempre com a sensação de cansaço, após uma boa noite de sono devemos nos sentir bem dispostos.

7 – Redução de massa muscular

O organismo que está com deficiência de proteína apresenta a redução de massa muscular pelo fato de que a mesma é usada como fonte de energia para os tecidos e músculos.

8 – Erupções cutâneas

O aumento das espinhas pode ser um sinal de alerta de que seu organismo está sofrendo com deficiência de proteína.

A saúde da pele tem muito a dizer a respeito de como está o nosso organismo por dentro.

9 – Surgimento de manchas avermelhadas, brancas ou roxas

Se você tem percebido que manchas estão aparecendo sem razão aparente nas suas bochechas, pernas ou braços saiba que pode se tratar de deficiência de proteína ou então de baixa quantidade de ácidos graxos.

Como manchas também podem ser sinais de doenças graves, como câncer, é importante ir a um médico para verificar o que está acontecendo.

10 – Problemas de desenvolvimento físico e mental

Quando a deficiência de proteína está presente na vida do indivíduo desde criança, é possível que ele apresente atraso no seu desenvolvimento físico e mental porque esse nutriente tem um papel crucial nesse âmbito.

Como resolver a deficiência de proteína?

Se você identificou um ou mais sinais da lista apresentada, deve ficar atento para o fato de que pode estar com deficiência de proteína por não ter uma alimentação balanceada.

São inúmeros os alimentos que podem ajudar a equilibrar a quantidade de proteínas no seu organismo, como:

– peixes,

– ovos,

– carne vermelha,

– vegetais de coloração verde-escuro como brócolis,

– oleaginosas (como nozes e castanhas – consuma com moderação),

– frutas como banana,

– maçã e

– laranja entre outros.

Identificando um problema de fonte alimentar, procure um nutricionista que possa desenvolver com você uma rotina alimentar mais adequada.

Os especialistas recomendam que cada indivíduo consuma diariamente em gramas de proteínas o equivalente ao seu peso em quilos.

Por exemplo, uma pessoa que pesa 65 kg deve consumir 65 gramas de proteínas.

Saiba que esse cuidado tornará mais fácil se manter saudável e até queimando calorias.