2 Receitas para Eliminar Flacidez da Barriga


A barriga flácida é causada pela diminuição da tonicidade da pele e a sua intensidade depende de vários fatores, tais como:

  • Nutrição;
  • Exposição à luz solar;
  • Elasticidade da pele;
  • Tabagismo;
  • Genética;
  • Perda ou aumento de peso;
  • Gestação;
  • Envelhecimento.

Por exemplo, um jovem que emagreça alguns quilos, dificilmente apresentará esse problema. Já uma pessoa com mais idade, de pele clara, fumadora e com frequente exposição ao sol, quando perde peso, “ganha” flacidez em várias regiões do corpo.

Mesmo as pessoas magras, que praticam regularmente exercício físico e fazem uma dieta equilibrada, podem ter a pele flácida, dependendo dos fatores acima citados.

Se este é um motivo pelo qual você se sente constrangida, evita vestir roupas que gosta, não se sente confortável em biquínis, na praia ou na piscina, saiba que há tratamentos naturais que em poucos dias podem devolver-lhe a firmeza da sua barriga e alcançar a imagem desejada.
Seja qual for o seu peso, este tratamento vai ajudar a eliminar gordura e a flacidez instalada no seu corpo.

1. Receita

Ingredientes:

  • Água: 1 litro;
  • Suco de limão: 5 colheres (sopa);
  • Estévia pura: 1 colher (sopa);
  • Gengibre em pó: 1 colher (sopa);
  • Pimenta-caiena: 1/2 colher (sopa);
  • Cúrcuma/açafrão-da-terra em pó: 1/2 colher (sopa).

Preparação:

1. Colocar a água para ferver;


2. Após a água estar fervida, reservar por uns 10 minutos;

3. Misturar numa vasilha à parte os restantes ingredientes;

4. Adicionar a água fervida e mexer tudo muito bem.

Nota importante: Este preparado deve ser feito diariamente e consumido ao longo do dia, durante 21 dias (seguidos);  Por precaução, pessoas hipertensas não o devem tomar.

2. Auto massagem

Esta segunda etapa do tratamento é um complemento da primeira, e assume uma grande importância, visto ser imprescindível para atingir os objetivos pretendidos. Veja algumas dicas:

  • A parte a tratar envolve toda a zona abdominal, com maior incidência na barriga;
  • A massagem deve ser rápida e vigorosa, com pressão e ritmo (o vídeo em baixo vai ajudar você a entender como os movimentos devem ser executados);
  • Ao massagear a zona em recuperação, vai necessitar de um pouco de creme ou óleo, para que as mãos deslizem melhor em toda a superfície, auxiliando nos movimentos;
  • Ao longo do dia deverão ser feitas 2 sessões de 15 a 20 minutos;
  • No caso das mulheres, o exercício não deverá ser efetuado durante o período menstrual.