3 formas infalíveis de eliminar a papada


Aquele gordurinha que fica acumulada logo abaixo do queixo não é nada elegante e o nome que ela recebe, muito menos. Chamada de papada, esse montinho impede que o contorno de seu rosto se ressalte, já que o deixa muito mais redondo do que realmente é.

O problema, no entanto, é que a famosa papada se trata de um reflexo do excesso de peso. Nesse caso, para eliminá-la, o certo mesmo é emagrecer. Mesmo assim, há algumas cirurgias plásticas que prometem acabar de vez com a papada e deixar você com o perfil muito mais bonito.

Mas se você já conseguiu emagrecer, está malhando e, mesmo assim, a papada persiste, pode ser que seu problema seja de outra origem, como a genética, por exemplo. E, mesmo assim, é possível resolver ou minimizar o desconforto que essa gordurinha traz a você sem entrar na faca. Quer ver?

Descubra como eliminar a papada:

1. Controle a retenção de líquido

Muito do seu inchaço e também da papada que possa estar aparente em seu rosto pode ser fruto da retenção de líquido. Assim, evite excesso de sal e açúcar e, claro, as bebidas alcoólicas. O ideal é beber muito líquido para estimular que o inchaço se desfaça aos poucos.

2. Controlar a digestão

Sabia que a papada que está aí, incomodando você, pode ser apenas as consequências de uma intolerância alimentar? Isso porque quando o organismo não consegue digerir muito bem certos alimentos ou lidar com algumas substâncias o inchaço pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Se for, realmente, algum dilema com seu processo digestivo, é preciso procurar um médico especialista no assunto para que você aprenda a controlar sua digestão e, assim, conseguir acabar com seu problema e com  papada.

3. Entenda seus hormônios

Aquele gordurinha que fica acumulada logo abaixo do queixo não é nada elegante e o nome que ela recebe, muito menos. Chamada de papada, esse montinho impede que o contorno de seu rosto se ressalte, já que o deixa muito mais redondo do que realmente é.

O problema, no entanto, é que a famosa papada se trata de um reflexo do excesso de peso. Nesse caso, para eliminá-la, o certo mesmo é emagrecer. Mesmo assim, há algumas cirurgias plásticas que prometem acabar de vez com a papada e deixar você com o perfil muito mais bonito.


Mas se você já conseguiu emagrecer, está malhando e, mesmo assim, a papada persiste, pode ser que seu problema seja de outra origem, como a genética, por exemplo. E, mesmo assim, é possível resolver ou minimizar o desconforto que essa gordurinha traz a você sem entrar na faca. Quer ver?

Descubra como eliminar a papada:

1. Controle a retenção de líquido

Muito do seu inchaço e também da papada que possa estar aparente em seu rosto pode ser fruto da retenção de líquido. Assim, evite excesso de sal e açúcar e, claro, as bebidas alcoólicas. O ideal é beber muito líquido para estimular que o inchaço se desfaça aos poucos.

2. Controlar a digestão

Sabia que a papada que está aí, incomodando você, pode ser apenas as consequências de uma intolerância alimentar? Isso porque quando o organismo não consegue digerir muito bem certos alimentos ou lidar com algumas substâncias o inchaço pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Se for, realmente, algum dilema com seu processo digestivo, é preciso procurar um médico especialista no assunto para que você aprenda a controlar sua digestão e, assim, conseguir acabar com seu problema e com  papada.

3. Entenda seus hormônios

Você sabia que seu ciclo menstrual, ou a falta dele, podem deixar você inchada e ressaltar a papada? Além disso, o período que precede a menopausa, chamado perimenopausa, também pode desregular seu organismo e seus hormônios. Para quem não sabe, essa fase da vida da mulher pode aparecer a partir dos 30, e dura até a chegada efetiva da menopausa; e é marcante pelas ondas de calor e pelos ciclos irregulares.

ocê sabia que seu ciclo menstrual, ou a falta dele, podem deixar você inchada e ressaltar a papada? Além disso, o período que precede a menopausa, chamado perimenopausa, também pode desregular seu organismo e seus hormônios. Para quem não sabe, essa fase da vida da mulher pode aparecer a partir dos 30, e dura até a chegada efetiva da menopausa; e é marcante pelas ondas de calor e pelos ciclos irregulares.

Loading...