5 Receitas de chá para menopausa para aliviar os sintomas


Um dos períodos fisiológicos mais difíceis para toda mulher é quando ela deixa de menstruar e seu ciclo ovulatório é encerrado. As mudanças atreladas à queda brusca na produção de hormônios podem ser muito incômodas, e o chá para menopausa é um dos remédios caseiros que pode aliviar os sintomas.

Saiba quais são os melhores chás para esse fim e confira outras dicas para tornar essa passagem menos desconfortável.

5 Melhores chás para menopausa

A menopausa é um estágio natural da vida da mulher, que ocorre geralmente entre os 45 e os 55 anos. As transformações no organismo são bruscas e aumentam as chances de ter algumas doenças, como câncer no útero e osteoporose.

Os sintomas principais incluem ausência de menstruação, ressecamento vaginal, ondas de calor e suor, diminuição da libido, aumento de peso, insônia e depressão. Os chás para menopausa trazem um pouco de conforto e minimizam esses sintomas tão desagradáveis. Conheça os que tem eficácia comprovada e experimente.

Chá de amora

O mais conhecido chá para menopausa faz jus à sua fama, pois seus benefícios são realmente incríveis. As propriedades da amora (tanto broto quando folha) combatem os sintomas desse período, principalmente as mudanças de humor, ondas de calor e secura vaginal.

O chá também auxilia na manutenção do peso, e vale lembrar que a menopausa interfere muito no ganho de alguns quilinhos. Essa bebida também combate a hipertensão e a diabetes, que também podem se manifestar e ou se agravar nessa fase da vida. Aprenda a preparar esse chá:

Ingredientes

  • Amora: um broto ou duas folhas;
  • Água quente: uma xícara.

Modo de preparo

1. Amasse o broto de amora ou coloque as duas folhas na xícara de água quente
e tampe.

2. Deixe descansar por cinco minutos.

3. Coe e beba sem adoçar.

Chá de ginkgo biloba

O ginkgo biloba atua de duas formas. Primeiramente ele reduz as oscilações de humor e a perda de memória, melhora a concentração e combate a depressão. Em segundo lugar, equilibra os níveis de estrogênio e promove o fluxo sanguíneo para os órgãos, incluindo a vagina, o que reduz a secura. Veja como preparar chá de ginkgo biloba.

Ingredientes

  • Folhas secas de ginkgo biloba: uma colher de chá;
  • Água quente: uma xícara.

Modo de preparo

1. Despeje as folhas secas de ginkgo biloba na xícara de água quente.

2. Faça uma infusão por dez minutos.

3. Coe e beba em seguida.

Chá de trevo vermelho

Se você nunca ouviu falar nesse chá para menopausa, aqui vai um bom motivo para conhecê-lo: ele possui alto teor de fitoestrógenos e isoflavonas, cujos efeitos são semelhantes ao dos hormônios femininos

Dessa forma, o chá proporciona um equilíbrio hormonal natural e reduz os sintomas da menopausa. Como extra, ele ainda é rico em cálcio, magnésio e vitamina C, prevenindo doenças ósseas.

Ingredientes

  • Trevo vermelho: 15 gramas;
  • Água quente: uma xícara.

Modo de preparo


1. Coloque o trevo vermelho na xícara de água quente e mexa.

2. Deixe em repouso por dez minutos e coe.

3. Beba em seguida sem adoçar.

Chá de ginseng

O ginseng é conhecido pelas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Elas reduzem as dores musculares e articulatórias provocadas pela menopausa, além de diminuir a sensação de desconforto.

A planta também é termogênica e acelera o metabolismo. Isso contribui tanto para evitar o ganho de peso quanto para irrigar os órgãos femininos (o que diminui a secura vaginal), além de ser ótimo para estresse e ansiedade.

Ingredientes:

  • Raiz de ginseng: 10 gramas;
  • Água quente: uma xícara.

Modo de preparo

1. Coloque o ginseng na xícara com água quente e tampe.

2. Deixe em repouso por meia hora.

3. Coe e beba duas vezes ao dia.

Chá de pimenteiro silvestre

O nome é exótico, mas os benefícios desse chá para menopausa são incríveis. Ele atua no equilíbrio hormonal e eleva os níveis de dopamina no cérebro, um dos hormônios do prazer. O resultado é um aumento da autoestima, menos estresse e ansiedade e aumento do apetite sexual.

Ingredientes:

  • Pimenteiro silvestre: duas colheres de chá de folhas;
  • Água quente: uma xícara.

Modo de preparo:

1. Ponha as folhas dentro da xícara com água quente e tampe.

2. Deixe em repouso por dez minutos.

3. Coe e beba apenas uma vez ao dia.

Dicas para aliviar os sintomas

Além dos chás, outras alternativas tornam esse período um pouco mais leve e podem ser adotadas para melhorar a qualidade de vida. Confira:

  • Pratique exercícios físicos pelo menos três vezes na semana. O pilates é uma ótima opção;
  • Faça exercícios de memória, como palavras cruzadas e jogos de raciocínio, para prevenir a falta de concentração típica desse período;
  • Fortaleça o assoalho pélvico com exercícios de pompoarismo ou exercícios de Kegel. Isso vai aliviar a secura vaginal e prevenir a incontinência urinária;
  • Mantenha uma dieta rica em verduras, legumes e frutas e reduza o consumo de produtos industrializados e gordurosos;
  • Abuse da vitamina D e consuma entre mil e 1.200 miligramas de cálcio por dia para prevenir doenças ósseas;
  • Atenção à qualidade do sono! Tente dormir bem para reduzir problemas de estresse, ansiedade, insônia e depressão;
  • Beba muita água, pelo menos dois litros por dia;
  • Não fume e evite ingerir bebida alcoólica.

Tomar chá para menopausa ou realizar tratamentos alternativos ajudam a aliviar os sintomas e desconfortos naturais desse período. É importante, porém. que a mulher passe por consultas habituais com médicos especializados.

Além do ginecologista, que deve avaliar a situação e solicitar exames de rotina para essa faixa etária, é necessário passar por cardiologista (devido ao aumento do risco cardiovascular), ortopedista (devido à perda de massa óssea) e psicólogo (para ajudar a enfrentar os desafios da nova fase, a depressão e a baixa autoestima).