6 Dicas de como evitar varizes


Os períodos de gestação, menstruação e menopausa são os quais há maior necessidade de evitar varizes, problema que afeta as mulheres não só pelo mal-estar estético, mas também pela dor e inchaço gerados.

As varizes são veias dilatadas localizadas nas pernas, que surgem principalmente entre aqueles que passam muito tempo em pé. De coloração azulada, elas incomodam e oferecem riscos à saúde.

6 Dicas para evitar varizes

As varizes são provocadas pela má circulação sanguínea. Segundo o Dr. Dráuzio Varella, as veias da perna possuem válvulas que visam impedir o retorno do sangue aos pés devido à ação da gravidade.

Quando não funcionam direito, o sangue fica parado nas veias, provocando inchaço e deformação. O fator hereditário é a principal causa do problema, seguido do gênero, já que mulheres têm mais chances, e a idade.

Apesar das chances de desenvolver varizes serem grandes, há meios de evitar o problema. Confira as principais dicas.

Deixe o sedentarismo de lado

A falta de atividade física faz com que o sangue tenha dificuldade para voltar das pernas para o coração e se acumule nos membros. Além disso, é um fator de risco para a obesidade, que por sua vez aumenta as chances de desenvolver varizes.

Exercícios de baixo impacto, como natação, caminhadas e andar de bicicleta, já ajudam a fortalecer a musculatura das panturrilhas. Séries de repetições na academia também mantêm a atividade de contração constante.

Fuja dos calçados desconfortáveis

Se quiser evitar varizes vai precisar abandonar aquele salto agulha lindíssimo, e isso vale também para os sapatos desconfortáveis, como os apertados ou com bico muito fino.

Ao usar esses calçados a pessoa tende a pisar de forma errada, de forma que o fluxo sanguíneo é prejudicado. O salto alto faz com que a batata da perna fique “alta” e favorece o acúmulo de sangue, e até o sapato totalmente reto força os músculos a trabalhar demais.


O ideal, portanto, é eleger um saltinho de até dois centímetros para favorecer a circulação e ficar confortável.

Use meias de compressão

Ok, elas não são bonitas, mas pelo menos diminuem a pressão da gravidade sobre as veias da perna, o que ajuda a evitar varizes, pois aumenta a circulação interna dos vasos e facilita o bombeamento de sangue.

É por isso que na gravidez é comum ver mulheres usando essas meias, que diminuem o inchaço e sensação de cansaço nas pernas.

Atenção aos anticoncepcionais

Os hormônios femininos estrogênio e progesterona enfraquecem a parede dos vasos e faz com que as veias se dilatem. Consequentemente o fluxo sanguíneo é prejudicado e surgem as temidas varizes inchadas.

Mulheres que fazem uso de métodos como pílula ou injeção devem retomar os cuidados com os outros métodos de prevenção, além de buscar uma solução junto ao médico. O mais importante é controlar o peso, pois o ganho repentino de gordura facilita a formação de varizes.

Abandone o cigarro

A nicotina e outras substâncias tornam o sangue mais viscoso e dificultam sua circulação pelo corpo, além de tornar o bombeamento mais lento. Com isso, ele tende a se acumular nas veias das pernas.

Não passe muito tempo na mesma posição

Essa provavelmente é a dica mais importante e aquela a qual você menos presta atenção. Passar muito tempo em pé ou sentado força a pressão da gravidade sobre as veias das pernas, o que favorece o surgimento de varizes.

Se você trabalha em pé ou sentado, portanto, é bom caminhar um pouco a cada duas horas parado na mesma posição. Isso vai estimular a circulação sanguínea. Outra boa ideia é contrair a panturrilha pelo menos 15 vezes seguidas depois de duas horas parado.