6 Dicas para limpar piso encardido


Existem muitas maneiras de limpar piso encardido. A escolha certa vai depender do tipo de piso e de sujeira. Mas a grande vantagem é que você não precisa gastar horrores em produtos de limpeza especiais, porque muitas soluções já estão na sua casa em ingredientes que você utiliza no dia a dia.

6 Dicas para limpar piso encardido

Veja a seguir quais são as melhores soluções para limpar piso encardido dos tipos mais comuns, como cerâmico, porcelanato, laminado, madeira, ardósia, carpete e cimento queimado. Todas as dicas são de soluções caseiras simples, veja como preparar e aplicar.

1. Detergente desengordurante para limpar piso laminado

É mais difícil que o piso laminado chegue a ficar encardido, mas no caso de você se mudar para uma casa que não recebeu uma faxina na saída do último inquilino, pode haver manchas de gordura e mofo. Para removê-las, aplique detergente desengordurante puro no local da sujeira, deixe agir alguns minutos para amolecer e depois remova com um pano úmido.

2. Vinagre para limpar piso cerâmico

Se na sua casa tem piso cerâmico comum e ele está encardido com óleo de carro, no caso da garagem, ou mofo da umidade, o vinagre vai resolver o seu problema. E o melhor, sem muito esforço.

Você pode jogar o vinagre direto no piso ou diluir em água para economizar. Deixe agir por uns 3 ou 4 minutos e depois passe uma esponjinha ou vassoura, esfregando um pouco para a sujeira se soltar. Por fim é só passar um pano para voltar a ver a cor original do seu piso.

3. Água e álcool para limpar piso porcelanato

O piso de porcelanato costuma ter melhor qualidade do que o cerâmico, por isso os cuidados são maiores também. Esse tipo de piso, que só é usado dentro de casa, pode ficar encardido caso não limpe manchas de suco, café, vinho e outras bebidas que podem pingar e você não perceber. Nesse caso, uma solução de 50% água morna com 50% álcool vai deixar o piso brilhando.


4. Vinagre com detergente para limpar piso de ardósia e carpete

A ardósia é uma pedra um pouco porosa, por isso não aceita produtos muito concentrados. O carpete também precisa de cuidado especial, pois água em excesso gera fungos. Para limpar esses materiais o ideal é fazer uma mistura com 5 litros de água, 1 colher de sopa de detergente neutro e 3 colheres de sopa de vinagre branco.

No caso da ardósia, aplique a solução em um pano macio, torça bem e passe no piso, sem molhar demais. Para o carpete, mexa bem a mistura para fazer espuma. Passe a espuma no carpete fazendo movimento circulares e deixe alguns minutos para agir. Depois esfregue levemente com uma esponja ou pano branco para remover o molhado, o máximo possível.

5. Desinfetante para limpar piso de madeira

Diferente do piso laminado, que é um revestimento, o piso de madeira é natural e por isso não pode ficar molhado ou corre o risco de mofar. Sendo assim, sempre que for limpar piso encardido desse tipo use um pano com água bem torcido.

Se estiver muito encardido, dilua um pouco de desinfetante em água, molhe um pano, torça bem e então passe no piso. Depois de passar em tudo, seque o excesso com um pano seco.

6. Lixa fina para limpar cimento queimado

O cimento queimado é uma técnica para pisos muito popular atualmente por complementar uma decoração em estilo industrial e rústico. Esse tipo de piso costuma ser bastante fácil de limpar, utilizando apenas água morna e detergente neutro.

Mas no caso de surgirem manchas que penetrem no material, pode-se usar uma lixa fina e lixar superficialmente, cuidando para não desnivelar o piso nem arranhar. Depois, para evitar danos futuros, pode-se aplicar um tratamento com resina acrílica para reduzir a porosidade.