7 Benefícios da pimenta para a saúde que você não conhece


A pimenta está presente na culinária do mundo inteiro, nas suas diversas versões. Quem come é porque gosta do sabor picante, mas também acaba usufruindo dos seus benefícios para a saúde, que são muitos. Conheça mais sobre os benefícios da pimenta, bem como suas propriedades e contraindicações.

Propriedades da pimenta

As pessoas com paladar mais apurado costumam gostar de sabores fortes, como o da pimenta. O que causa o ardor desse alimento é a capsaicina, que também é responsável pelos benefícios da pimenta para a saúde.

A pimenta também é composta por vitaminas A, B e C, luteína, flavonoides e zeaxantina. Também, potássio, ferro, magnésio e manganês, que você verá as funções e benefícios a seguir.

Benefícios da pimenta para a saúde

Em quantidade equilibrada, no máximo 4 pequenas porções ao dia para que tem organismo forte, a pimenta promove muitos benefícios. Veja só:

1. Perda de peso

Se você já ouviu falar que a pimenta ajuda no processo de emagrecimento, saiba que é verdade. Isso acontece porque ela é um alimento termogênico, ou seja, acelera o metabolismo e favorece a queima de gordura. Mas vale lembrar que é necessário se alimentar de forma saudável e equilibrada, além de praticar atividade física para obter esse efeito.

2. Antioxidante

As vitaminas da pimenta são fontes antioxidantes para o organismo. Ou seja, ajudam no combate aos radicais livres, que quando estão em excesso no organismo danificam as células saudáveis.

3. Analgésico

Aquele componente da pimenta mencionado no início, a capsaicina, quando ingerido se liga aos receptores de dor. Então, a pimenta ajuda a relaxar a musculatura e aliviar a dor. Porém, não ocorre o mesmo em pessoas com problemas estomacais. É preciso consumir com consciência.

4. Estimula a produção de colágeno

O colágeno é a substância que manter a firmeza da pele e de todos os demais órgãos do corpo. Ou seja, que manter tudo durinho e esticado, no lugar. A vitamina C contida na pimenta é que vai ajudar na produção de mais colágeno quando a idade avança e a produção reduz naturalmente.


5. Ajuda no controle do diabetes

O diabetes é uma doença perigosa e crônica, então é muito importante prevenir ou controlar, quando já se tem. Nesse sentido, a pimenta vermelha mostrou ótimos resultado em um estudo realizado pela Universidade da Tasmânia, na Austrália.

Os cientistas observaram que ela é capaz de reduzir a liberação de insulina no sangue em até 60% assim que digerida. Claro que esse efeito é benéfico quando a pimenta é consumida em equilíbrio, junto de uma dieta balanceada e de recomendações médicas, pois cada organismo pode reagir de uma forma diferente.

6. Anti-inflamatório e bactericida

Os estudos que apontam os efeitos da pimenta como anti-inflamatório e bactericida ainda não são conclusivos. Mas os cientistas estão vendo resultados positivos da pimenta no combate a alguns tipos de bactérias que prejudicam o organismo. Também, o seu efeito fortalecedor do sistema imunológico acaba melhorando a ação anti-inflamatória do corpo.

7. Estimula a produção de serotonina

A serotonina é um neurotransmissor regulador do bom-humor, que normalmente possui baixa produção em pessoas depressivas. Então, ao invés de atacar uma calórica barra de chocolate quando não estiver se sentindo animado, prefira comer algo saudável que contenha pimenta.

Malefícios

Assim como qualquer alimento, a pimenta não deve ser consumida em excesso, mesmo que você adore o sabor. Quanto mais forte for a pimenta, menor é a quantidade recomendada, pois alguns organismos mais sensíveis podem ter efeitos colaterais, como:

  • Náuseas e vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Piorar problemas de estômago;
  • Agravar hemorroidas;
  • Ardência na língua;
  • Alteração da pressão sanguínea;
  • Alergia.