7 Melhores sementes para emagrecer


Cada vez mais as pessoas estão percebendo o valor de consumir sementes para melhorar a saúde. Assim como as verduras, legumes e frutas, as sementes são a base de uma alimentação saudável. Logo, são muito bem recomendadas por todos os médicos e nutricionistas, não importando qual o objetivo. Mas dessa vez, o foco está nas melhores sementes para emagrecer.

Veja por que determinadas sementes, entre muitas, são recomendadas para o objetivo do emagrecimento. Suas propriedades, formas de ação no organismo e combinações podem ajudar o corpo a trabalhar melhor. Como resultado, um organismo equilibrado vai se livrar de todos os excessos, inclusive, de líquidos e gorduras que atrapalham a estética e a saúde.

Quais são as melhores sementes para emagrecer?

Quando fala-se em sementes para emagrecer, a referência não é somente as sementes das frutas, embora a maioria delas também forneça imensos benefícios à saúde. Afinal, se estão dentro de uma fruta, também compartilham de todos os seus componentes, como vitaminas, minerais e fibras.

Mas há também aquelas sementes que estão na moda das dietas agora, como a chia, a linhaça, o girassol e muitas outras. Confira a lista das melhores sementes para emagrecer e depois vejas as dicas de como consumi-las no seu dia a dia.

1. Sementes de girassol

As sementes de girassol com certeza entram na lista das melhores sementes para emagrecer. Aliás, você vai obter maiores benefícios dessa semente ao consumi-la crua, sem torrar. A semente de girassol é rica no mineral magnésio, que previne o excesso de liberação do cortisol. Esse hormônio aumenta o estresse, a fome e dificulta o emagrecimento.

A semente de girassol também oferece uma boa dose de vitamina E, que vai agir como antioxidante no seu organismo. Isso quer dizer que ela vai devolver a saúde para as células oxidadas, promovendo não só o emagrecimento, mas todo o rejuvenescimento do seu corpo, por dentro e por fora.

Essa maravilhosa semente também contém muitas fibras, que são essenciais para o bom funcionamento intestinal e para manter a saciedade por mais tempo. Assim fica mais fácil não comer na hora errada e você mantém seu organismo desintoxicado.

As proteínas, macronutrientes essenciais para a manutenção da saúde, são outro componente presente na semente de girassol. Além das suas funções essenciais, fazem o corpo gastar mais calorias para digeri-las.

Ajudam ainda a equilibrar o colesterol, quando você contribui fazendo uma dieta saudável e equilibrada, junto com os exercícios físicos.

2. Sementes de quinoa

A quinoa é uma semente cada vez mais popular, especialmente porque pode ser uma substituta do arroz nas suas refeições. Então não é só um petisco ou complemento. É sim um prato completo que você pode preparar para acompanhar uma carne magra com salada fresca.

A função da quinoa no emagrecimento está na sua composição rica em fibras, aminoácidos essenciais, proteínas, zinco e magnésio. Todos primordiais para o bom funcionamento do organismo, que precisa estar em equilíbrio para conseguir emagrecer.

Embora a quinoa esteja na lista das sementes com maior teor de carboidratos, lembre-se que seu corpo necessita de uma quantidade equilibrada desse macronutriente como fonte de energia. Então, o importante é consumir de fontes saudáveis, como é o caso da quinoa.

3. Sementes de abóbora

Se você compra abóbora para fazer diversos pratos, e tinha o hábito, até então, de jogar suas sementes no lixo, não faça mais isso. Comece a aproveitar todos os imensos benefícios das sementes para emagrecer e melhorar sua saúde. Aliás, as sementes de abóbora são umas das mais recomendadas para contribuir com o emagrecimento.

A razão é que elas possuem um boa quantidade de zinco, superior às demais sementes. Isso quer dizer que ela favorece uma maior queima de gordura, ao mesmo tempo em que contribui com a formação de massa muscular. Ou seja, consumindo dentro de uma dieta equilibrada e com atividade física regular, é uma maravilhosa aliada para o emagrecimento.

As sementes de abóbora também fornecem ferro e magnésio, dois minerais que atuam da prevenção da fadiga e prolongam a sua saciedade.

Outro ponto muito importante entre os benefícios dessa semente é que ela contribui com a alcalinização do sangue, evitando que ele fique muito ácido. Um sangue ácido é propício ao aparecimento de doenças.

Por fim, outro grande benefício dessas sementes para emagrecer é que elas ajudam a controlar os níveis de glicose no sangue, evitando picos de açúcar. Então são recomendadas tanto para diabéticos, quanto para quem quer emagrecer, já que o excesso de açúcar no sangue é o grande vilão do emagrecimento.

4. Sementes de chia

A chia é uma sementinha bem pequena, de coloração acinzentada e muito bonita. Está na moda, e não é para menos, pois seus benefícios para a saúde e o emagrecimento são fabulosos.

As sementes de chia possuem baixo teor de gordura, são ricas em fibras do tipo solúvel, que melhoram o funcionamento do intestino. Assim, fica mais fácil eliminar as toxinas do corpo, o que favorece o emagrecimento.


A chia também oferece ao seu organismo uma quantidade relevante de magnésio, ferro e potássio, essenciais para a manutenção dos órgãos, fazendo os nutrientes chegarem onde precisam.

Ajuda a combater o colesterol alto, já que sua riqueza em ácidos graxos ômega-3 colabora para o aumento do colesterol bom, que tem a função de limpar o colesterol ruim preso nas artérias. Aliás, junto com esse benefício também ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

Assim como outras sementes, quando você deixa a chia de molho em água, ela vai hidratar e formar um gel. Ao ser ingerido, esse gel vai criar uma camada protetora no estômago. Uma das consequências é o aumento da saciedade, então é um alimento ótimo para ingerir nos lanches.

5. Sementes de linhaça

Outra semente muito popular atualmente é a linhaça. Assim como a chia, sua riqueza em ômega-3, que são gorduras saudáveis, fazem com que seja grande aliada da boa saúde e do emagrecimento.

Sim, gorduras também são tão necessárias para a manutenção do organismo quanto as proteínas e os carboidratos. O segredo é escolher as melhores fontes, e uma delas é a linhaça.

Nessa semente você também encontra uma riqueza de fibras que são importantes para ter um sistema digestivo funcionando corretamente. E assim, maior facilidade para emagrecer, dentro de uma dieta saudável.

Como se não bastassem esses maravilhosos benefícios, a semente de linhaça também fornece fitoestrogênios, que são estrogênios naturais, essenciais para o equilíbrio de diversas funções no organismo. Entre elas, para evitar a irritabilidade e a ansiedade, que prejudicam o emagrecimento.

6. Sementes de mostarda

As sementes de mostarda são amplamente utilizadas na auriculoterapia e em outras terapias alternativas por conta das suas propriedades medicinais.

Mas no processo de emagrecimento, ao incluir uma quantidade de semente de mostarda na sua rotina alimentar, de acordo com a orientação do nutricionista, você está se beneficiando de uma grande quantidade de ácidos graxos, fibras, magnésio, ferro, fósforo, proteínas, niacina, selênio, zinco e cálcio.

Tudo isso vai fazer com que o seu metabolismo trabalhe melhor, as funções do seu organismo se regulem e o emagrecimento seja estimulado mais rapidamente.

Além do mais, as sementes de mostarda também influenciam na produção do suco gástrico, o que pode ser um benefício para a boa digestão, desde que você não sofra com problemas estomacais.

7. Sementes de gergelim

O gergelim sempre foi uma semente mais usada por causa do seu sabor do que por causa dos seus benefícios nutricionais, que, aliás, são muitos. Então, comece a usá-lo também pensando no que ele fornece de bom para sua saúde.

As sementes de gergelim são rica fonte de vitamina E, cálcio, magnésio, zinco e proteínas. Em conjunto, regulam a quantidade de açúcar no sangue, equilibram o metabolismo e contribuem com a queima de gordura ao praticar atividade física.

A riqueza de fibras dessas sementes para emagrecer vão melhorar a digestão e a eliminação das toxinas presas no intestino. Também fazem você se sentir saciado mais rápido, evitando que fique comendo mais do que o necessário.

Dicas para consumir sementes

Embora a lista seja grande e os benefícios ainda maiores, as sementes para emagrecer também possuem contraindicações. Cuidados que você deve ter porque algumas delas têm efeito laxativo e de redução da pressão, por exemplo. Sendo assim, não são recomendadas para todas as pessoas e as doses devem ser controladas.

Então, a primeira das dicas sobre como usar as sementes para emagrecer é essa. Tenha o cuidado de visitar seu médico ou nutricionista para ter certeza de que o seu organismo pode receber as sementes que você quer consumir. Saiba como está a sua saúde, se existem restrições alimentares para você. E acima de tudo, respeite as porções diárias.

A importância desse cuidado é que, por exemplo, uma semente com propriedade laxativa, se consumida em excesso, pode deixar seu corpo desidratado, causando diarreias fortes. Não precisa chegar a esse ponto, basta equilibrar, pois essa é a chave para o sucesso da boa saúde e do emagrecimento.

Mais uma dica importante. Quando for comprar as sementes, certifique-se da sua procedência. Verifique de onde elas vêm, quando foram embaladas e qual é o prazo de validade.

Mesmo sendo secas, precisam ser bem-preservadas para manterem suas propriedades nutricionais. Compre-as em um local de sua confiança e evite guardá-las por muito tempo. Quanto mais frescas, melhor.

Agora que já sabe dessa importante recomendação, veja formas de consumo para as sementes listadas.

Você pode incluir as sementes de todos os tipos nas mais diversas receitas. Apenas peça para o seu nutricionista recomendar a quantidade certa, de acordo com o que contém na sua dieta e com as atividades da sua rotina, pois tudo isso faz diferença.

Sendo assim, você pode colocar as sementes nos sucos, nas vitaminas, bolos, pães, bolachas, arroz, molhos, massas, sanduíches, saladas e até comer pura, como no caso da semente de girassol. Opções não faltam para experimentar.