9 Alimentos para combater inchaço


Quer comer mais saudável, mas não sabe para quais alimentos deve dar prioridade? Que tal aqueles alimentos para combater inchaço? Confira abaixo quais são eles, ideais também para auxiliar no processo de emagrecimento.

Melhores alimentos para combater inchaço

Tentar emagrecer e não conseguir é extremamente cansativo, por isso é necessário que haja alimentos que dinamizem esse processo, tornando o emagrecimento menos frustrante. O acúmulo de líquidos pode ser uma das razões disso. Para evitá-la, confira os melhores alimentos para combater inchaço.

1. Melancia

A melancia é um alimento muito importante, pois ela contém 91% de água e isso ajuda na manutenção da saciedade por mais tempo. Possuindo efeito diurético, ela também evita que a água se acumule no organismo por mais tempo, combatendo esse fator que gera o inchaço.

2. Pepino

Os pepinos são vegetais com um teor muito baixo de calorias, possuindo minerais, fibras e vitaminas. O consumo de pepino emagrece e ajuda a limpar o corpo de toxinas liberadas pelo sistema digestivo, reduzindo assim os índices de toxicidade no organismo, fator que favorece a redução do inchaço na região abdominal.

3. Tomate

O tomate também é um alimento importante para a redução do inchaço, diminuindo também o teor de lipídios no sangue e controlando a gordura na barriga.

Além disso, o licopeno presente nele também ajuda a reduzir os níveis de colesterol, evitando o entupimento de artérias importantes.

4. Cereja

A cereja é um dos alimentos para combater inchaço, pois reduz os níveis de colesterol e ajudam na diminuição da gordura corporal. Tem ainda propriedades antioxidantes que colaboram para que o corpo queime a gordura.

5. Berinjela

A berinjela também é muito útil para a prevenção do inchaço, pois ela contém uma substância chamada saponina, que rompe as moléculas de gordura presentes no sangue e impede o organismo de absorvê-las novamente, como uma espécie de detergente alimentício.

Além disso, seu alto teor de fibras alimentares solúveis, presentes principalmente na casca, faz com que se forme um gel no estômago. Ele retarda o esvaziamento gástrico, prolongando a sensação de saciedade e reduzindo a absorção de determinadas gorduras, eliminando-as pelas fezes.


A berinjela é muito versátil e pode ser consumida como conserva, suco, antepasto e etc..

6. Maçã

As maçãs são ricas em fibras, sendo muito importante para a eliminação de gorduras de um modo adequado pelo trato intestinal. Ela também possui fortes propriedades para a saciedade, bastando que se coma 2 unidades para que o estômago se sinta saciado, usando poucas calorias.

7. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é excelente para a redução do inchaço, pois ele tem ácido acético. Esse ácido é responsável por diminuir a fome e evitar picos de insulina, reduzindo o risco de o organismo acumular gordura.

8. Pimenta

A pimenta também é importante para o emagrecimento, pois ela possui ação termogênica, facilitando o processo daqueima de gordura localizada. Além disso, essa especiaria ajuda a acelerar o metabolismo graças à capsaicina, substância responsável pelo sabor picante.

9. Abacate

O abacate é uma boa fonte de nutrientes e útil para a redução do inchaço. Sendo rico em gordura monoinsaturada, o abacate ajuda a diminuir o acúmulo de células gordurosas no abdômen.

Dicas úteis para combater inchaço

A retenção de líquidos é um problema muito comum entre diversos brasileiros, sejam homens ou mulheres. As mulheres são as mais propensas a ter e hoje existem diversas técnicas para combatê-lo. Confira abaixo quais são essas técnicas, muito fáceis de serem utilizadas no cotidiano.

  • Evite consumir alimentos industrializados e que contenham muito sódio;
  • Beba, no mínimo, dois litros de água diariamente;
  • Não permaneça períodos prolongados em uma mesma posição;
  • Evite ficar com as pernas cruzadas por muito tempo;
  • Durma de lado e coloque um travesseiro entre as pernas;
  • Evite vestir roupas muito justas ou sapatos apertados;
  • Ao chegar do trabalho, deixe as pernas elevadas por alguns minutos;
  • Faça atividades físicas, como caminhada ou corrida;
  • Mantenha seus exames em dia e consulte um médico com frequência;
  • Evite o consumo de frituras.