Como acabar com o calor da menopausa em 8 dicas úteis


Depois dos 40 anos é o período em que as mulheres começam a sentir os primeiros sintomas da menopausa. Entre tantas mudanças que ocorrem no corpo por causa das alterações hormonais, o calor da menopausa é uma das mais comuns.

Quando a mulher entra na perimenopausa, ou climatério, que é antes da menopausa propriamente dita, seu hormônio estrogênio já começa a ficar desregulado, anunciando o final da sua fertilidade. Mas como esse hormônio também atua no centro de regulação de temperatura corporal no cérebro, a mulher começa a sentir ondas de calor.

Cerca de 80% das mulheres sofrem com esse sintoma, que acaba incomodando ao longo do dia e também atrapalhando o sono. Então, veja o que pode ser feito para aliviar o calor da menopausa e melhorar a qualidade de vida.

8 Dicas para eliminar o calor da menopausa

Se livrar do calor da menopausa de forma permanente não é garantido, pois ele é uma reação natural do organismo. Mas é possível prevenir ou amenizar a subida da temperatura corporal, que ocorre de repente e pode aumentar em até 5 °C, fazendo a mulher sentir um grande mal-estar.

A resposta do organismo varia de mulher para mulher, então o ideal é consultar seu ginecologista e testar as dicas para descobrir qual melhor funciona para você.

1. Consumir alimentos com fitormônios

Converse com seu nutricionista sobre os alimentos com fitormônios para saber quais deles pode ingerir. Eles são verdadeiros remédios caseiros para o calor da menopausa, pois ajudam a reduzir a variação hormonal que provoca os fogachos. Alguns exemplos são:

  • Inhame;
  • Soja e derivados;
  • Brócolis;
  • Salsinha;
  • Gergelim;
  • Aipo;
  • Alho;
  • Abóbora;
  • Banana;
  • Maçã;
  • Linhaça;
  • Semente de feno-grego;
  • Couve-de-Bruxelas;
  • Broto de alfafa;
  • Cereja;
  • Mamão;
  • Beterraba.

2. Evitar consumir excesso de condimentos

Seja açúcar, sal, pimenta, canela ou gengibre, todos eles favorecem a elevação da temperatura corporal, pois são termogênicos. Então observe a reação do seu corpo ao ingerir determinada quantidade de cada um deles para saber se provocam o calor da menopausa.

3. Tomar bebidas refrescantes

Quando o fogacho chega, uma bebida fresca sempre ajuda a lidar com o calor. Mas evite as muito geladas, pois vão causar uma mudança brusca de temperatura no organismo, o que pode causar outros sintomas desagradáveis. As bebidas vão ajudar também a manter o corpo hidratado, o que é bom para regular a temperatura.


Os chás gelados são uma boa opção, especialmente se escolher àqueles que possuem os fito hormônios falados anteriormente, que são:

  • Valeriana;
  • Erva-doce;
  • Ginseng;
  • Raiz de alcaçuz;
  • Cravo-da-Índia;
  • Raiz de kava-kava.

4. Aumentar o consumo de vitamina E

A vitamina E ajuda a neutralizar o calor, além de reduzir o risco de doenças cardiovasculares, a fadiga, a ansiedade e outros sintomas que podem surgir. Alguns alimentos ricos em vitamina E são amêndoas, nozes, castanhas, azeite de oliva, azeitona e grãos integrais.

5. Molhar os pulsos e a nuca

Ao perceber a chegada do calorão, procure uma torneira para molhar os pulsos, a testa e a nuca. Essas regiões ajudam a reduzir a temperatura e você vai se sentir melhor. Caso não alivie, procure sair de onde está e ir para um local mais fresco e ventilado. Esteja sempre com uma blusa de manga curta para o caso de precisar tirar um casaco para aliviar o calor.

6. Ter um leque ou ventilador portátil

Talvez pareça exagero se você ainda não sente as ondas de calor. Mas pode confiar que ter um leque ou um miniventilador portátil na bolsa é de grande serventia. É só imaginar como você se sente em um lugar muito abafado com calor de 42 °C para saber como gostaria de poder se ventilar para se sentir melhor.

7. Praticar atividades relaxantes

Procurar manter o equilíbrio entre o corpo e a mente é essencial em qualquer fase da vida, mas em especial quando toda a mudança hormonal da menopausa está acontecendo. Então é interessante começar a praticar yoga, pilates, meditação, natação, caminhada ou um hobby que ajude a se manter calma e se sentir em harmonia com você mesma.

8. Fazer reposição hormonal

Pode ser que essas dicas não funcionem tão bem para você ou que, além do calor da menopausa, outros sintomas estejam atrapalhando o seu bem-estar. Nesse caso, a melhor recomendação é conversar com seu ginecologista para saber se a reposição hormonal é uma opção para você.

Ela ajuda a manter o equilíbrio em toda a alteração que está ocorrendo no corpo, reduzindo os sintomas da menopausa.

Loading...