Como lavar roupa de bebê sem risco de alergias


Pais de primeira viagem se deparam com um universo de questões que antes nem imaginavam, inclusive a necessidade de lavar roupa de bebê antes do nascimento. Afinal, a pele dos recém-nascidos é muito sensível e precisa de cuidados específicos.

O processo de lavagem das peças deve começar por volta do sétimo mês de gestação. Assim elas não acumulam ácaros e poeira nas gavetas e se o bebê nascer antes do tempo não corre o risco de ficar sem roupinhas limpas.

7 Dicas para lavar roupa de bebê

Os bebês são muito, muito delicados e exigem o máximo de cuidado possível. Não se deve beijar suas mãozinhas ou carregá-los sem lavar as mãos, pois você pode transmitir bactérias. E a atenção com os produtos utilizados deve ser redobrada para evitar alergias.

Por exemplo, já parou para pensar que quando você compra uma manta para seu bebê ela pode estar cheia de ácaros, fungos e poeira? Ela passou muito tempo na prateleira e foi tocada por muitas pessoas, então não pode ir direto para a pele da criança.

Veja algumas dicas para lavar roupa de bebê e garantir que os primeiros dias sejam tranquilos.

1. Máquina de lavar ou à mão?

Há muito tempo atrás dizia-se que as roupas de bebê deviam ser lavadas a mão, pois a máquina de lavar poderia estragar as peças ou conter traços de alvejantes, amaciantes e detergentes.

Hoje não existe mais essa distinção, e inclusive existem máquinas de lavar com ciclos específicos para as roupinhas. A única recomendação é fazer uma limpeza com um ciclo de lavagem sem nenhuma roupa para eliminar qualquer resquício de outros produtos.

Se preferir lavar à mão, deixe as peças de molho por até 15 minutos em uma bacia com sabão neutro, esfregue delicadamente e use água corrente para enxaguar cuidadosamente. De preferência, destine um balde apenas para isso e faça uma limpeza antes de colocar as roupas.

2. Separe as peças mais urgentes

Não precisa lavar um vestido que só será usado depois dos oito meses de idade ou camisetinhas cavadas se o bebê vai nascer no inverno. Priorize as peças que serão imediatamente utilizadas, em especial as RN e até dois meses de idade.

Bodies, calças, macacões, camisetinhas, meias, peças de berço, pano de boca, fraldas e cobertores são itens essenciais e urgentes. Deixe para depois as roupinhas cheias de frufru ou aquela peça que ainda está grande.

3. Não lave tudo de uma vez

É mais fácil lavar roupas de bebê em grupos do que colocar tudo de uma vez na máquina, pois assim você já pode organizar o armário e a mala do recém-nascido.

Comece pelas roupas do dia a dia, como bodies, calças, macacões, toucas, luvinhas, casaquinhos e meias, e depois passe para as peças que não são de vestir, como pano de boca, toalhinha e fralda. Finalize com as peças de berço, como lençóis, mantas, fronhas e edredons.


4. Peças delicadas em saquinhos ou na mão

As roupinhas de tecido delicado ou muito pequenas podem ser lavadas à mão ou dentro de saquinhos na máquina de lavar. Assim você evita resquícios de outros produtos e não corre o risco de estragar a peça.

5. Nunca lave junto das demais roupas

Ao lavar roupas de bebê nunca lave junto as roupas dos outros integrantes da casa. As peças dos adultos estão sujas e contém traços de produtos químicos que podem contaminar as peças dos pequenos.

Aliás, fica a dica: mesmo depois que a criança nasce é importante lavar suas peças separado, pelo menos até um ano de idade.

6. Nada de produtos químicos

Não importa se você gosta do cheirinho de amaciante ou se o bebê deixou uma mancha enorme: não use, de forma alguma, produtos como alvejantes, detergentes, sabão em pó comum, removedor de manchas e qualquer outro item do tipo.

Esses produtos não são desenvolvidos exclusivamente para bebês e podem provocar alergias e inflamações na pele. O perfume também pode provocar problemas respiratórios na criança.

7. Manchas: como tirar?

De início, quando as manchas mais comuns são de leite, vômito e fezes, basta esfregar sabão de coco ou sabão neutro e deixar de molho por alguns minutos. Depois lave a peça à mão, com delicadeza, até remover a mancha.

Se persistir, coloque um pouco de bicarbonato de sódio sobre a mancha e deixe agir por um tempo. Não se esqueça de enxaguar bem para eliminar qualquer resquício.

Quando a criança entrar na fase da introdução alimentar as manchas de comida serão comuns. Molhe a peça o quanto antes com água morna e detergente. Seque e aplique sobre a mancha uma misturinha de vinagre com detergente. Em seguida, lave normalmente na máquina ou à mão.

Qual o melhor sabão para lavar roupa de bebê?

O ideal é comprar um sabão especialmente desenvolvido para roupas de bebê. Se não for o caso, pode usar sabão de coco ou sabão neutro. O importante é que o produto seja hipoalergênico, com uma quantidade menor de aditivos químicos e pH balanceado.

Como secar as roupinhas do bebê?

Você pode secar no varal, em um dia bastante ensolarado para evitar cheiro de umidade nas peças, ou na secadora, sempre no ciclo suave para não danificar as roupas.

O calor ajuda a eliminar os ácaros e fungos, portanto é uma boa ideia secar as peças no sol e depois passar a ferro.