Como tirar oleosidade do cabelo em 7 dicas


Todo cabelo fica oleoso, pois essa é uma proteção natural do couro cabeludo contra a poluição externa e a quebra dos fios. Porém o normal é que esse aspecto se apresente depois de alguns dias sem lavar ou pelo uso de determinados produtos. Mas há quem fique com os cabelos oleosos algumas horas depois de lavá-los.

7 Dicas para tirar oleosidade do cabelo

Ter cabelos que ficam oleosos com muita facilidade é um problema de várias causas, conforme você verá mais adiante. Porém vários fatores podem contribuir para que a oleosidade apareça antes do esperado. Veja quais são nas dicas para tirar oleosidade do cabelo.

1. Utilizar xampu para cabelo oleoso

Para quem sofre com oleosidade mesmo logo após lavar os fios, é interessante usar apenas produtos próprios para esse tipo de cabelo. Eles possuem compostos que vão absorver a oleosidade e eliminá-la no enxágue.

Porém, ao fazer isso, o cabelo também deixa de reter a água que o mantém hidratado, pois essa é uma das funções do óleo. Então manter um cronograma de hidratação capilar é fundamental.

2. Fazer limpeza profunda com xampu antirresíduos

O xampu antirresíduos promove uma limpeza mais profunda nos fios, aquela causada pelo acúmulo de produtos ao longo do tempo. Então ele é uma boa opção para usar apenas uma vez por semana.

No dia a dia use o xampu para cabelo oleoso e escolha um dia da semana para o antirresíduos. Como ele limpa mais profundamente, também deixa os fios mais sensíveis, por isso não deve ser usado com tanta frequência.

3. Não lavar os cabelos todos os dias

É claro que se o seu cabelo fica oleoso todo dia, você vai lavá-lo com frequência. Mas conforme for vendo resultado na utilização de outras dicas para tirar oleosidade do cabelo, o melhor é que pare de lavar diariamente.

A razão é que, quanto mais você remover a oleosidade natural que começa a surgir na raiz, o seu organismo entende que o cabelo está desprotegido e vai produzir mais óleo. Lavar dia sim e dia não é uma boa opção.

4. Lavar os fios com água morna ou fria

Há dias mais frios em que o banho precisa ser bem quente para ser confortável, mas para os cabelos isso é um problema. A água muito quente resseca os fios e o couro cabeludo, o que estimula a produção de óleo pelas glândulas sebáceas. O ideal é que a água esteja morna, ou mais fria possível, na hora de lavar os cabelos.


5. Evitar creme para pentear sem enxágue

Os finalizadores, cremes para pentear ou leave ins, como queira chamar, não são os melhores amigos para quem deseja tirar oleosidade do cabelo. Mesmo quando aplicados somente nas pontas, os fios absorvem o produto e fazem com que ele chegue à raiz.

Assim ele acaba virando um resíduo extra que vai obstruir os poros do couro cabeludo e aumentar a oleosidade. Se precisar usar, escolha os próprios para cabelo oleoso.

6. Ter o xampu seco como coringa

Esse método não deve ser usado com muita frequência, pois não vai limpar os fios, apenas disfarçar a oleosidade. Mas no caso de você ter um compromisso e não der tempo de lavar e secar o cabelo, é sempre bom poder contar com o xampu seco.

Ao ser aplicado na raiz, como um talco, seu princípio ativo vai absorver o excesso de oleosidade e dar mais brilho, mas precisa ser removido depois para não se tornar mais um resíduo acumulado.

7. Buscar tratamento profissional

Se você não estiver conseguindo tirar oleosidade do cabelo com as dicas anteriores, a melhor recomendação é que procure um dermatologista ou tricologista, profissionais que podem ajudar. Eles irão avaliar a causa do problema, verificar se houve alguma evolução, como surgimento de caspa ou algum outro tipo de dermatite, e recomendar um tratamento mais intenso.

Causas do cabelo oleoso

O cabelo fica oleoso porque dentro do couro cabeludo estão as glândulas sebáceas, responsáveis por produzir um óleo que serve para proteger o couro e os fios. Mas em algumas pessoas ou em determinadas situações, as glândulas produzem óleo em excesso.

Quem já acorda com cabelo oleoso ou percebe esse efeito horas após a lavagem, pode ter algum tipo de desregulação hormonal que provoque essa superprodução nas glândulas. Então o ideal é consultar um médico para ir diretamente na raiz do problema.

A alimentação também é um fator de risco quando há abuso de produtos industrializados, excesso de gorduras saturadas e açúcares. O ideal é se alimentar se forma saudável, com muitos vegetais, e beber bastante água. Esse hábito contribui tanto para tirar o oleosidade do cabelo quanto para reduzir os efeitos da pele oleosa.

Os fatores externos mencionados nas dicas anteriores também podem causar a oleosidade. A água quente, o uso de produtos inadequados e deixar de fazer uma limpeza profunda periodicamente para remover os resíduos pode causar oleosidade excessiva.