Fitagem: o que é, como fazer em casa e dicas valiosas


Para manter os cabelos cacheados e crespos sempre hidratados e sem frizz é preciso dedicação constante. Mas a correria do dia a dia nem sempre colabora com o tempo disponível na agenda.

Confira o passo a passo e todos seus benefícios.

O que é fitagem?

A fitagem é uma técnica de finalização usada para definir os cabelos ondulados, cacheados e afros.

Além disso, é muito usada por quem está passando pela transição capilar – processo em que as mulheres abandonam procedimentos químicos (alisamento e relaxamento) para recuperar o cabelo natural.

De modo geral, a fitagem consiste em separar mechas do cabelo e aplicar leave-in ou creme sem enxágue com a finalidade de proporcionar alta definição para os cachos por vários dias.

O melhor de tudo é que pode ser feita em casa sempre que for necessário deixar os fios com mais curvatura e volume.

Para quem a fitagem é indicada?

A fitagem é indicada para todos os tipos de cachos e cabelos crespos, mas a dica de ouro é que você encontre o finalizador ideal para o seu cabelo.

Assim, a técnica caseira pode definir melhor a ondulação dos fios, sem deixar com aquele aspecto de frizz.

Se você é iniciante nesse processo, é provável que a fitagem seja um pouco demorada nas primeiras vezes.

Mas basta treinar por alguns dias que a prática vem com o tempo.

Quando menos esperar, a fitagem pode se tornar uma alternativa rápida de finalização dos cachos.

Tipos

Existem três tipos mais comuns dessa técnica, que são:

Fitagem tradicional: com os dedos, o cabelo é dividido em partes iguais para, na sequência, receber o leave-in ou creme sem enxágue.

O próximo passo é passar os dedos entre as mechas e fazer movimentos para comprimir os cachos e depois soltá-los.

Algumas pessoas preferem utilizar um pente com cerdas largas em vez dos dedos, que também é indicado.

Fitagem estruturada: esse tipo é parecido com o tradicional, só que um pouco mais demorado por utilizar mais produtos nos fios para garantir efeito mais ondulado.

Ao dividir o cabelo em quatro partes, separe cada mecha atenciosamente.

A indicação do hairstylist Sergio Werner, é aplicar óleo vegetal – pode ser o de coco – nos fios e massagear cada mecha.

Em seguida, borrife um leave-in próximo a raiz e use um creme para pentear enluvando mecha por mecha.

Quando os fios estiverem secos, use um ativador de cachos para finalizar e ajudar na fixação.

Apesar de levar mais tempo para ser feita, a técnica tem maior durabilidade, fazendo com que você economize tempo ao longo da semana para definir os cachos.

Passo a passo


Aprenda a fazer a fitagem tradicional em casa com esse passo a passo simples e prático indicado pelos especialistas.

Primeiro passo: lave os cabelos com água fria e xampu para cabelos cacheados ou crespos.

Após a higienização, fica a seu critério aplicar condicionador ou uma máscara de tratamento ainda no banho, antes de iniciar a fitagem.

Segundo passo: ainda com os fios úmidos, divida o cabelo em quatro partes, duas na posterior e duas nas laterais.

Essa divisão facilitará a prática de fitagem, garantindo que consiga fazer o processo em todo o cabelo.

Se o cabelo for denso e tiver cachos mais abertos, faça a fitagem desconstruída,que massageia os fios com mechas maiores. “A fitagem não forma cachos, e sim ajuda a mantê-los definidos e a eliminar o frizz”, explica o hairstylist Sergio Werner.

Terceiro passo: comece pela nuca separando uma mecha fina.

Aplique o finalizador de sua preferência (o equivalente a uma colher de sopa).

Com os dedos ou pente de cerdas largas, penteie os fios, começando pelas pontas até a distância de um centímetro da raiz, distribuindo o creme por toda a extensão, enluvando os fios.

Amasse a mecha em direção ao couro cabeludo, solte-a sem tocá-la novamente.

Faça o mesmo sucessivamente até terminar todo o cabelo.

“Se o cabelo for fino e não tiver volume, o ideal é usar produtos à base de ceramidas e óleo.

Para quem tem o cabelo mais denso e sem muita definição, os produtos à base de óleo ajudam a definir”, exemplifica Wesley Nobrega.

Quarto passo: existem duas opções de secagem após o procedimento, que são deixar o cabelo secar naturalmente ou com ajuda de um difusor em temperatura média ou fria. “Se quiser mais volume, mantenha o secador próximo da raiz.

Se quiser mais definição, mantenha o secador próximo do comprimento e pontas”, explica o hairstylist Wesley Nobrega.

Lavagem dos cabelos

Os especialistas indicam lavar bem os cabelos antes de realizar a técnica. Se você pretende fazer uma fitagem que dure mais dias, é necessário aplicar mais de um produto nos fios – e, se estiverem sujos, podem ganhar um aspecto pesado e ficar sem definição.

“A fitagem faz os cachos durarem por vários dias, mas, se quiser mantê-los por mais tempo sem lavar, o indicado é umedecer os cabelos com umidificador para cachos e repetir o passo a passo”, recomenda Priscila Reis.

Vantagens de fazer fitagem

A fitagem é uma técnica que garante definição e melhor distribuição do produto no cabelo.

Dependendo do finalizador usado no processo, você consegue:

  • Proteger o fio de raios UVA e UVB
  • Alta definição dos cachos
  • Brilho
  • Maciez
  • Volume.

Duração da fitagem

A fitagem pode durar de dois a cinco dias, dependendo do nível de oleosidade natural que o seu couro cabeludo produz.

Além disso, a duração da fitagem depende bastante dos cuidados que você tem com os fios.

Primeiro é importante saber qual seu tipo de cacho para, em seguida, escolher produtos destinados a ele.

Para melhor duração da texturização é recomendado o uso de leave-ins concentrados com manteigas e óleos – além de gelatinas capilares, mousses, óleos finalizadores e umidificadores.