Naftalina: para que serve e como utilizar da forma correta?


Antigamente a naftalina era muito usada para repelir traças e baratas, então as donas de casa colocavam nos cantinhos dos cômodos e dentro dos armários e gavetas. Porém, como não havia muita informação sobre o perigo do gás tóxico, ocorriam muitos casos de intoxicação, especialmente de crianças.

O vapor em que esse produto se transforma quando está fora de uma embalagem fechada é tóxico especialmente para insetos. Dependendo da quantidade, contudo, pode fazer mal ao ser humano também. Por isso é muito importante você saber quais são os usos adequados dele, como utilizar e o que fazer em caso de intoxicação. Só então você poderá usar esse produto com segurança.

Usos da naftalina

A naftalina é um composto químico utilizado principalmente para produzir outros produtos químicos. Seu uso, portanto, não é apenas doméstico. Pelo contrário, usar em casa é pouco recomendado devido ao risco que oferece à saúde.

Uso doméstico

É muito comum que esse composto seja usado dentro de casa ou em escritórios. Isso porque mantém o ambiente livre de traças, de baratas e de outros bichos. Ele é colocado dentro de gavetas, de armários e até nos banheiros, mas é preciso fazer o uso correto, nunca retirando a bolinha da embalagem. Veja no próximo tópico as recomendações de uso adequado.

Uso industrial

O principal uso da naftalina é na composição de produtos como inseticidas (por isso afasta insetos), lubrificantes, solventes, resinas e até mesmo em explosivos. É claro que existe uma grande diferença na concentração dos compostos químicos para uso industrial e doméstico.

Cuidados ao usar naftalina

Quando comprar um pacotinho do produto, não deve retirá-lo da embalagem fechada. Se quiser colocar uma bolinha em cada cômodo da casa, deixe-a protegida dentro de um plástico fechado e em um lugar específico, também fechado.

Jamais deixe esse tóxico em locais onde as crianças possam alcançar. Além do cheiro forte prejudicial, elas irão colocar na boca e as consequências para a saúde serão graves.

Ainda sobre as crianças, não use o químico nas gavetas de roupas dos pequenos nem nos cômodos onde eles passam mais tempo. O gás liberado pela naftalina é muito mais forte ao organismo frágil das crianças.

Coloque, no máximo, uma bolinha de naftalina em cada cômodo da casa. Se forem cômodos muito próximos uns dos outros e pequenos, não coloque em todos. Confira na embalagem do produto as recomendações sobre a quantidade segura a usar em cada local da casa. Depois de utilizar, se for mesmo muito necessário, você deve tirar o cheiro de naftalina de suas roupas e de toda residência.

Mesmo quando utilizar em armários de roupas na embalagem fechada, evite usar a roupa antes de arejar ou de lavar. O mesmo vale para louças. A menos que tenha um uso específico necessário, evite comprar a embalagem grande, com muitas bolinhas. Se precisar comprar, guarde em um local seguro, bem fechado e do lado de fora de casa.


Naftalina espanta escorpião e barata?

Assim como a naftalina afasta as traças, ela também faz o mesmo com as baratas, mas não as mata. Já no caso dos escorpiões é diferente, pois esses aracnídeos são mais resistentes aos produtos.

Seria necessário uma grande quantidade de naftalina no ambiente para fazer o teste, conforme o tipo de escorpião. Nesse caso, como o produto é tóxico, não vale a apena correr o risco. A melhor recomendação é que se tome os devidos cuidados para evitar acidentes com animais peçonhentos, como o escorpião.

Naftalina faz mal?

A naftalina é um produto químico, portanto, pode sim fazer mal à saúde. Todo produto químico, mesmo quando vendido para uso doméstico, precisa ser usado com muito cuidado, nos locais e nas quantidade adequadas.

No caso da naftalina, é preciso tomar um cuidado especial com as crianças de casa, já que ela parece com uma balinha devido ao formato e à cor. Então, não coloque-a em locais como chão, ralos ou onde as crianças possam alcançar.

A quantidade de naftalina colocada nos ambientes de casa também deve ser mínima. Ela libera um odor forte, que quando acumulado em grande quantidade no ar, é tóxico.

Se você pensava que esse químico era só mais um produto doméstico inofensivo à saúde, já pôde perceber que não é bem assim. De acordo com pesquisas da Organização Mundial da Saúde (OMS), a naftalina pode até mesmo causar câncer quando existe inalação direta e contínua de seu gás. A recomendação é que não seja utilizada em casa.

Sintomas da intoxicação por naftalina

Os sintomas que surgem em uma pessoa intoxicada por naftalina são dor de cabeça, confusão mental, irritação na pele, nos olhos e no sistema respiratório. Se for inalada em grande quantidade, afeta a produção de glóbulos do sangue, podendo causar anemia hemolítica.

Outros sintomas são fadiga, palidez, falta de apetite, diarreia e pode também gerar lesões internas, no fígado e nos rins. Nas lactantes há o perigo de a substância afetar o leite, que então pode intoxicar o bebê.

O que fazer em caso de intoxicação por naftalina?

Ao perceber esses sintomas, a pessoa deve ser levada ao hospital o quanto antes. Não existem remédios caseiros comprovadamente seguros para combater a intoxicação por esse produto, então apenas o médico poderá solucionar o problema, após examinar o paciente.

Se perceber que alguém em casa se intoxicou, retire imediatamente todas as bolinhas desse tóxico da casa, cuidando para não inalar e nem fazer contato direto com as mãos.

Jogue-as no lixo e retire o lixo para um local seguro. Abra as portas e janelas para arejar o ambiente e dê água para a pessoa que estiver passando mal, até que chegue ao médico. Não experimente outras soluções caseiras por conta própria, que não sejam recomendadas pelo profissional.