Suas Gengivas Sangram? Veja Os Motivos!


Mesmo que você use fio dental diariamente pode ser que observe sempre um pequeno sangramento após o uso. Embora isso não pareça grande coisa para você, na verdade é.

Lisa Marie Samaha, fundadora e diretora do Instituto de Artes Perio, na cidade de Newport News, Virgínia, EUA, afirma que “sangramento nas gengivas nunca é normal, nem mesmo quando você tem seus dentes limpos profissionalmente”. Imagine o seu couro cabeludo sangrando quando você escova o cabelo. Em outras palavras, se suas gengivas estão sangrando quando você usa fio dental ou escova os dentes, você tem uma doença periodontal, comumente conhecida como doença da gengiva.

Então, o que exatamente é doença da gengiva? Simplificando, é uma infecção bacteriana contagiosa que pode causar estragos na sua saúde. Em sua boca, ela pode destruir suas gengivas, corroer seu maxilar e causar perda de dentes (a doença da gengiva é a principal razão pela qual os dentes caem).

A situação não é melhor quando se trata do resto do seu corpo. Veja o que acontece, de acordo com Mark Weiser, Doutor em Cirurgia Dentária, um dentista ativo em Santa Barbara, Califórnia: “Existem duas causas para o sangramento das gengivas. A placa, que é um biofilme de bactérias e seus resíduos, primeiro cria a irritação no tecido da gengiva. Então há a reação do corpo a esse ferimento, a resposta inflamatória. Coloque esses dois fatores juntos e você terá inflamação e sangramento nas gengivas. Quanto mais tempo você tem inflamação, mais risco você corre para todos os tipos de doenças sistêmicas, desde alergias até câncer.

A gengivite é muito comum. De acordo com a Academia Americana de Periodontologia, até 80% da população adulta tem alguma forma de doença da gengiva, enquanto apenas cerca de 10% estão cientes de seus sinais indicadores. O sangramento das gengivas é um dos sintomas do meio para o final.

E qual é a boa notícia? Com certos hábitos, você pode diminuir significativamente o risco de doenças nas gengivas e até mesmo interrompê-las. Abaixo estão 6 razões pelas quais suas gengivas estão sangrando e o que você pode fazer a respeito.

1. Sua Higiene Oral é parcial

Higiene oral inadequada resulta em placa visível nos dentes e em gengivas vermelhas e inchadas. Pesquisas mostraram que gengivas saudáveis ​​podem ficar doentes com apenas 24h a 36 horas sem escovação ou cuidados apropriados dos seus dentes.

O melhor a fazer é cuidar de seus dentes, e as seguintes ferramentas podem ajudar a tornar seu trabalho muito mais fácil:

• Escova de dentes elétrica: Os escovadores automáticos massageiam as gengivas para estimular o fluxo sanguíneo, levam nutrientes ao tecido e eliminam toxinas.
• Lavagem bucal e creme dental antibacterianos: Eles reduzirão significativamente o número de bactérias em sua boca.
• Pastilhas probióticas orais: Elas se dissolvem na boca e ajudam a prevenir a cárie dentária, enquanto branqueiam os dentes ao longo do caminho.


2. Má alimentação 

Comer alimentos processados ​​é tão ruim para os dentes quanto para o corpo. A Dra. Samaha afirma que “uma dieta com pelo menos seis a oito porções de frutas e verdura do tamanho de um punho, juntamente com suplementos nutricionais de cálcio, vitamina D, vitamina C, magnésio e anti-inflamatórios, como óleo de peixe, favorece a saúde bucal. Uma dieta balanceada aumenta a integridade do sistema imunológico e nutre os tecidos fracos, que são mais vulneráveis ​​no corpo.

3. Fumar não é uma boa escolha

Os fumantes correm um risco muito maior de sofrer doenças gengivais devido a todas as toxinas presentes nos cigarros, que criam inflamação e diminuem a resposta imunológica do organismo. “Uma vez que as gengivas mostram sinais de sangramento, as bactérias perigosas que vivem entre o dente e a linha da gengiva ficam alojados nas gengivas ulceradas e entram diretamente na corrente sanguínea, causando estragos em todos os órgãos do corpo, especialmente no coração e vasos sanguíneos”, diz o Dr. Samaha.

4. Você tem uma mordida errada

Se você tem dentes tortos e aglomerados, bem como hábitos de cortar e morder, você pode ter o que é conhecido como “doença da mordida”. Basicamente, forças destrutivas estão sendo aplicadas em seus dentes e no tecido e osso de apoio da gengiva. Quando você morde com muita dificuldade em uma área, ela faz com que a gengiva retroceda e o osso comece a se deteriorar, fazendo com que o local ideal para a doença da gengiva apareça.

5. Seus remédios estão interferindo

Alguns medicamentos podem interferir no fluxo sanguíneo para os tecidos ou dificultar o fluxo de saliva, levando a uma boca mais seca e menos proteção para as gengivas. O aumento ou espessamento do tecido gengival e da boca seca fazem com que os tecidos das gengivas sejam mais suscetíveis à presença de placa bacteriana, aumentando a progressão da gengivite. Você precisa adquirir o hábito de perguntar ao seu médico ou farmacêutico se os medicamentos que está tomando podem afetar as suas gengivas ou deixar sua boca seca.

6. Você pode estar beijando e se contaminando

A gengivite pode ser transferida de uma pessoa para outra através da saliva, o que significa que beber da mesma xícara, compartilhar utensílios e beijar pode aumentar o risco de doenças da gengiva. Esta é uma área em que o compartilhamento definitivamente não é atencioso.