Tipos de Açúcar e o Qual é Melhor Para Você


Você consegue ficar sem adoçar o seu café? E quando vai fazer aquele bolo da receita de família? Você consegue deixar o açúcar de fora? Como diz o velho ditado: “De amargo bastam os problemas da vida.”. A todo momento estamos adoçando desde o café até o chá antes de irmos dormir. Mas às vezes precisamos reduzir a ingestão do açúcar ou substituí-lo.

E você pode nos perguntar: E se eu não quiser abandonar o açúcar, mas apenas substituí-lo, como faço? Existem vários tipos de açúcares e eles se diferenciam pelo tipo de matéria-prima, forma de refinamento, textura e até pela composição nutricional. Neste artigo você vai conhecer alguns tipos de açúcar e escolher o seu favorito. Vamos lá!

Açúcar refinado

Este açúcar é refinado com adição de enxofre e por isso perde vitaminas e sais minerais. Ele é o mais usado e tem em praticamente todas as casas. Ele é capaz de elevar a pressão arterial mais de 25% em relação ao sal, podendo ainda ser responsável pelo envelhecimento da pele, doenças degenerativas, como o Mal de Alzheimer, e até mesmo a miopia.

Açúcar light

Sua composição inclui açúcar refinado com aspartame, ciclamato e sacarina. Ele pode atender àqueles que não gostam de adoçantes. O açúcar light é capaz de adoçar quatro vezes mais do que o açúcar convencional, por isso, para adoçar um café bastam apenas 2 gramas, ao invés das 6 gramas do açúcar comum. Deve ser usado com cuidado e é contraindicado para diabéticos, porque o açúcar light tem açúcar comum em sua formulação.


Açúcar mascavo

Este açúcar é um pouco mais saudável porque não é refinado, por isso cálcio e ferro são preservados.  Qualquer receita feita com ele fica mais gostosa e salutar. Apesar disso, ele deve ser ingerido com cautela, principalmente por diabéticos cuja atitude primeira deve ser consultar o médico antes de incluir este açúcar à dieta. Substituir açúcar refinado pelo mascavo para reduzir calorias pode não ser boa ideia, visto que um é tão calórico quanto o outro.

Açúcar orgânico

Este açúcar é assim chamado porque sua refinação e produção são feitos sem adubos e fertilizantes químicos. Suas características nutricionais se assemelham com as do açúcar mascavo e, por isso, tem uma quantidade maior de vitaminas e minerais em relação ao açúcar refinado.

Frutose

A frutose é extraída das frutas e do milho e é muito mais doce do que o açúcar refinado. É com ela que adoçam refrigerantes, ketchup, energéticos, cereais, biscoitos, sorvetes e pães. Conhecido xarope de milho, este açúcar engorda porque fornece ao corpo calorias sem valor nutricional e ainda aumenta o apetite.